Pedro Abrunhosa

Artistas e Bandas Nacionais

Pedro Abrunhosa

Biografia

Nascido no Porto a 20 de Dezembro de 1960.

 

Após uma primeira abordagem na Escola de Musica Ruvina em 1972, inicia seriamente tudos musicais em 1976 na escola de musica do Porto com os professores Alvaro Salazar e Jorge Peixinho, nas disciplinas de Analise, Composição e Historia da Musica. tendo desde l 978 pricipiado o estudo do Contrabaixo.

É por diversas vezes subsidiado pela Fundação Calouste Gulbenkian para assistir e participar nos Encontros de Musica Contemporânea naquela instituição Ingressando no Conservatório de Musica do Porto, passa a ser aluno de Cândido Lima na cadeira de Composição. Nesse periodo e convidado a integrar o Grupo de Musica Contemporânea do compositor espanhol Enrique X. Macias, participando numa serie de espectáculos em Espanha e Portugal. Em 1980 e 81 e diplomado pelos cursos de Pedagogia Musical do polaco Jos Wuytack.

Desloca-se em 1984 a Madrid para estudar com o contrabaixista americano Todd Coolman, e com os músicos Joe Hunt, Wallace Rooney, Gerry Nyewood e Steve Brown. Nesse mesmo ano, terminado o Curso Cieral de Composição do Conservatório de Musica do Porto, começa a estudar contrabaixo com Alexandro Erlich Oliva.

No ano de 1985, de novo em Espanha, participa nos Semanários Internacionais de Jazz, onde trabalha novamente com Todd Coolman, Billy Hart, Bill Dobbins, Dave Schnitter, Jack Walrath e Steve Brown. Nesse mesmo ano forma com o guitarrista espanhol Joaquin Iglesias o quarteto "Banda e Bolso".

Em 1986 desloca-se de novo a Espanha para o Seminário Internacional de Jazz em Sevilha onde trabalha com Bob Moses, Chip Jackson Brad Hartfield, Hoku Kim e Stan Strickland.

De volta a Portugal participa nos Seminários de Direcção e Interpretação de Big Banda a decorrer na Fundação Gulbenkian, sendo escolhido como contrabaixista da orquestra então reunida.

No mesmo local e no mesmo ano participa ainda em mais dois seminários de Jazz. com o saxofonista dinamarquês John Tchicai e o baixista Peter Danstrup, e ainda com os músicos norte-americanos Paul Motian, Bill Frisell e Joe Lovano.

Em 1987 desloca-se a Barcelona para trabalhar com David Liebman, Billy Hart, Ron Mclure e Richard Beirach. Durante um ano lecciona contrabaixo na Escola de Jazz do Hot-Club em Lisboa. Realiza e produz o programa "Ate Jazz" na Radio Clube do Porto. Acompanhou em tournées pelo pais e por Toda a Europa os músicos Boulou Ferre, Elios Ferre, Ramon Cardo, Frankie Rose, Vincent Penasse e Tommy Halferty. Participa no Quarteto de Professores do Hot-Clube de Portugal e no Quarteto do saxofonista Carlos Martins. Compõe e executa a musica do filme do realizador Serge Abramovic "Amour en Latin" e do filme de Joaquim Leitão "Adão e Eva", bem como das peças "Possessos de Amor", "A Teia" e "O Aniversario da Infanta'', e do vídeo "150 Anos do Bonfim". E co-fundador da Escola de Jazz do Porto, onde lecciona durante três anos as cadeiras de Harmonia, Treino Auditivo, e Musica de Grupo, e onde tem oportunidade de fundar e dirigir a Orquestra da Escola de Jazz do Porto, para a qual escreve grande parte dos arranjos.

Foi professor da Escola Superior Artística (área de Cine-Video), na cadeira de Construção e Analise da Banda Sonora, e de Musica de Grupo e Produção Musical na Escola de Musica Caiús.

Fundou e dirigiu a Cool Jazz Orchestra, agrupamento essencialmente vocacionado para o Rythm'n'Blues, que após três anos de intenso trabalho viria a dar lugar ao grupo "Pedro Abrunhosa e a Maquina do Som", virado para a execução de temas originais da sua autoria.

Com os "Bandemónio" grava para a multinacional Polygram o seu primeiro disco "'Viagens". Aí tem a oportunidade de contar com a participação do saxofonista de James Brown, Maceo Parker.

Consegue a marca única no mercado português de tripla-platina, mais de 130.000 exemplares vendidos do seu primeiro CD "VIAGENS", assim como mais de 120 concertos por todo o pais, Estados Unidos, Brasil, Macau, Espanha, Luxemburgo, França e outros, obtendo um total de espectadores estimado em 848. 400.

Entretanto, na sequência da tournée 94/95 de "Pedro Abrunhosa e os Bandemónio", surge o CD "F" e um livro ilustrativo das aventuras e viagens do grupo, o qual teve participação de prestigiado nomes nos campos literário e da fotografia, como Nuno Galopim e Kenton Thatcher.

Encontra-se neste momento a efectuar todo o trabalho de produção e gravação do seu próximo disco, com edição prevista para Outubro Novembro do presente ano.

A imagem do ultimo trabalho referido pretendem-se atingir níveis de qualidade e rigor que satisfaçam o mercado internacional, uma vez que o próximo CD terá lançamento simultâneo na Europa, Brasil, América Latina e Estados Unidos, através da editora que consigo tem vindo a trabalhar desde o início, a multinacional PolyGram.

Para isto deslocar-se-ão a Minneapolis, Estados Unidos, alguns músicos da banda para gravar nos estúdios do Prince, Paisley Park, com técnicos e músicos deste último. De igual modo vem a Portugal Tom Tucker, Engenheiro Produtor principal deste conceituado musico, para trabalhar pessoal e directamente com Pedro Abrunhosa.

É objectivo prioritário alcançar através de tal estratégia, números de vendas e de concertos em tudo semelhantes aos da temporada anterior.

Vídeo

Peça mais informações



Não encontra o artista que procura?

Preencha o formulário abaixo com os seus dados e o nome do artista que pretende.