João Pedro País

Artistas e Bandas Nacionais

João Pedro País

Biografia

Tudo começou em 1994 com uma ida ao programa "Chuva de Estrelas", da SIC. João Pedro Pais "foi" Miguel Ângelo por uma noite, ao interpretar um tema dos Delfins que lhe valeu o segundo lugar nessa edição. 

O primeiro álbum, "Segredos", surgiu três anos depois, e o cantor conquistou, sem dificuldades o seu lugar no panorama musical português com temas como "Ninguém É De Ninguém" e "Louco Por Ti", dois grandes êxitos de rádio que fizeram de "Segredos" um disco assíduo nas tabelas de vendas nacionais.

"Outra Vez", o sucessor de "Segredos", surgiu em 1999, e "Nada de Nada" foi o seu primeiro cartão de visita, e da sua promoção fez parte a realização de um teledisco cuja produção foi da responsabilidade de um dos mais experientes e requisitados realizadores portugueses, José Pinheiro. A produção do disco ficou a cargo de Luís Jardim, um músico português radicado em Londres há vários anos, e que conta já no currículo com trabalhos realizados para artistas como George Michael, Peter Gabriel, Paul McCartney, Alejandro Sanz, entre muitos outros.

Este segundo álbum representa uma grande evolução na carreira de João Pedro Pais, tanto a nível da composição, como a nível técnico. Foi gravado em Londres nos Townhouse Studios e dele faz parte um impressionante trabalho de cordas desenvolvido por Gavin Wright, o mesmo que dirigiu a London Session Orchestra que se ouve no tema dos Verve, "Bitter Sweet Symphony".

O primeiro single de "Outra Vez", "Nada de Nada" é um tema da autoria de João Pedro Pais, tal como todos os outros, que vem comprovar as qualidades do músico como compositor, que já se adivinhavam no seu primeiro trabalho. À semelhança do que aconteceu com o álbum de estreia, deste segundo disco fazem parte, na sua maioria, canções de amor e, para além do single de apresentação, o destaque vai também para os temas "Não Quero Ver-te Chorar", "Deixa Cair", "Ternura" e "Corri". 

O regresso aconteceu em 2001 com o álbum "Falar Por Sinais", que extraiu temas como 'Não Há' e 'Um Resto de Tudo'.

Entre vários concertos e digressões, João Pedro Pais fez a primeira parte da tournée ibérica de Bryan Adams, que passou por Portugal e Espanha em Fevereiro de 2003, e actuou no Festival Rock in Rio-Lisboa, em Junho de 2004. 

Em Novembro de 2004, o músico lança "Tudo Bem", disco gravado em Vancouver, Canadá, nos estúdios de Bryan Adams e com os músicos que habitualmente acompanham o artista internacional. O álbum conta, novamente, com produção de Luís Jardim.

Em 2005 e a convite de Jorge Palma, acompanha o músico no tema "Portugal, Portugal" no OPTIMUS Open Air em Lisboa. No Verão do mesmo ano, participa no Festival Sunrise em Albufeira, ao lado de nomes como Jamiroquai ou Sonique. 

Em 2006 junta-se a Mafalda Veiga para dar vida ao projecto Lado a Lado. O concerto tem lugar em Setembro do mesmo ano no Centro Cultural Olga Cadaval e dá origem à gravação ao vivo editada em Janeiro de 2007. O álbum integra, além de composições originais de ambos, versões de 'Paciência' de Lenine e Dudo Falcão, 'Foi por Ela' de Fausto ou 'Aqui Dentro de Casa' de José Mário Branco.

Vídeo

Peça mais informações



Não encontra o artista que procura?

Preencha o formulário abaixo com os seus dados e o nome do artista que pretende.